sábado, 12 de novembro de 2011

Mário Quintana

 
Se tu me amas, ama-me baixinho 
 

Não o grites de cima dos telhados

 
 

Deixa em paz os passarinhos  

 
Deixa em paz a mim! 
 

Se me queres, enfim,  

 
tem de ser bem devagarinho, Amada,
 

que a vida é breve, e o amor mais breve ainda ... 
 
 
 

- Mário Quintana -

4 comentários:

Dorei Fobofílica disse...

Ler Mario Quintana é sempre um deleite e as imagens acompanham com propriedade!

Querido, ótima semana para ti, começando com um delicioso fim de semana!

Beijos!

Felídeo disse...

Palavras sábias. Amar não é poder, é se permitir.
abraço

Cabrito Lunático disse...

Dorei,
Querida amiga, que esta semana seja iluminda para vc.

bj no coração

Cabrito Lunático disse...

Felídeo,

Grande escritor brasileiro, amava as mulheres e escrevia para elas.

abs